Cibersegurança

O que acontece quando seus dados são roubados por hackers

Entenda por que a legislação ainda traz desafios para o combate efetivo ao cibercrime

Patricia Peck

O que acontece quando seus dados são roubados por hackers

compartilhar:

A coluna Legal Innovation continua as discussões sobre cibersegurança e as novas modalidades de crimes virtuais que vêm surgindo, trazendo consequências e prejuízos para você e a sua empresa. A legislação vem se adaptando aos novos cenários, mas a rapidez com que surgem os novos tipos de crimes cibernéticos dificulta o combate a esses golpistas. Como diz a colunista Patricia Peck, “os bandidos estão sempre um passo a frente da sociedade”, por isso é preciso ficar alerta para evitar o roubo de dados.

 

Não é à toa que no ano passado o Fórum Econômico Mundial, que reúne anualmente em Davos, na Suíça, alguns dos principais líderes empresariais e políticos do mundo, colocou a segurança cibernética na pauta como um dos assuntos mais urgentes enfrentados mundialmente. Recentemente, o assunto passou a ser altamente discutido no Brasil por conta da prisão do hacker Walter Delgatti Neto, um dos alvos da Operação Spoofing, que posteriormente confessou a invasão de celulares de autoridades como o Ministro Sergio Moro.

“Os bandidos estão sempre um passo a frente da sociedade. Quem está conectado, está vulnerável a um ataque”

 

O fato é que quem está conectado, está vulnerável a um ataque. No caso de roubo  de dados pessoais ou até corporativos, por exemplo, no Brasil ainda há a dificuldade em enquadrar este crime como furto dentro da legislação vigente, segundo Patricia Peck, pelo fato de manter os dados originais intactos. Só há o furto, aos olhos da lei, quando o artigo surtado se torna indisponível, e isso não acontece nos crimes virtuais.

 

Além disso, o fato de o ambiente digital não respeitar limites reais também é outro grande desafio no combate ao cibercrime. Com a vítima em um país, e o infrator em outro, como se deve agir para buscar a punição? O que fazer para evitar que isso aconteça e como proceder caso você ou a sua empresa seja vítima desse tipo de crime? A coluna Legal Innovation explica no vídeo abaixo:

 

Exclusivo para Assinantes

Clique aqui