Carreira

Sobre sobrevivência e inovação da carreira em TI

Você está pronto para combinar objetivos imediatos e a continuidade do negócio?

Tempo de leitura: 7 minutos

Sergio Lozinsky

 

Antes de a Microsoft se tornar a gigante que é, Bill Gates deu um recado ao time: “só teremos sucesso se nós mesmos destruirmos os nossos melhores produtos”. Há décadas, o fundador de uma das maiores empresas de tecnologia do mundo ensinava o princípio básico da cultura da inovação, conceito sobre o qual, ainda hoje, temos tanto a aprender.

 

Os dados da pesquisa “Antes da TI a Estratégia” de 2018 ajudam a compreender esse momento. Mais de 50% das mil maiores empresas brasileiras consultadas diz efetuar melhorias constantes em relação aos processos de inovação, mas ainda observa baixo impacto em processos e no negócio. Esse número nos sugere que mais da metade das grandes organizações do Brasil acredita inovar. O conceito torna-se, assim, maleável, pois muitas companhias entendem a inovação como pequenas melhorias que geram economia, eficiência e rapidez. É fato que esses resultados deixam o board feliz, mas eles permeiam um patamar mediano, aquém do potencial.

 

Quer ler mais? Teste grátis:

Este e outros conteúdos exclusivos preparados por especialistas vão te ajudar a transitar neste mundo em transformação.