Cibersegurança

Todos estão sujeitos a um vazamento de dado. E agora?

Vídeo ensina como agir caso sua empresa seja vítima de perda de informações

Patricia Peck

Todos estão sujeitos a um vazamento de dado. E agora?

compartilhar:

Toda empresa, independentemente do porte, está sujeita a um vazamento de dados. Para os negócios digitais, que armazenam grande quantidade de informações dos clientes, esse perigo pode ser ainda mais iminente. Para te ensinar o que fazer caso isso ocorra, a coluna Legal Innovation preparou um vídeo com as dicas para as empresas que sofrerem algum tipo de perda de informações.

 

As orientações já levam em conta as novas regras da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), que deverá entrar em vigor em agosto de 2020, e está deixando muitas empresas apreensivas. O motivo é que a LGPD é uma das leis recentes de maior impacto nas organizações de forma geral, e aborda o tema de governança de dados como nenhuma outra. Para o caso de vazamento de dados, a legislação prevê multas e regras para a comunicação da ocorrência, entre outros pontos.

 

Mesmo com o risco financeiro, o maior impacto para um vazamento deste tipo, no entanto, é na reputação do negócio, segundo a colunista Patricia Peck. “O impacto reputacional pode ser até mais catastrófico que uma multa”, avalia. Ela orienta que é preciso não só estar preparado para atender a lei, como também para minimizar os efeitos. Assista ao vídeo e prepare-se, pois “não dá para ninguém dizer que nunca vai haver um vazamento”, alerta a colunista.

Exclusivo para Assinantes

Clique aqui