Que áreas estarão em alta no futuro do trabalho?

Relatório recente do Fórum Econômico Mundial afirma que dois terços das crianças que estão entrando na escola hoje terão empregos que ainda não existem. Veja o que podemos esperar

Sergio Teixeira Jr., de Nova York

20/12/2019

Um dos clichês quando se fala nas mudanças do trabalho é apontar para profissões e ocupações que seriam impensáveis alguns anos ou décadas atrás. Que agricultor imaginaria, há cem anos, que as empresas contratariam equipes inteiras para trabalhar com marketing? Ou, para ficar num exemplo mais recente, quem diria nos anos 1990 que o negócio de criar e manter websites viraria uma indústria? Somente dez anos atrás a ideia de uma carreira profissional desenvolvendo programas para telefones celulares seria impensável – mas, segundo uma estimativa da consultoria App Annie, daqui dois anos a economia dos aplicativos, sustentada por 6 bilhões de celulares e tablets, vai movimentar 258 bilhões de dólares.