Brasil fica em 80º em ranking global de competitividade de talentos

Fuga de cérebros é um dos motivos para piora do desempenho do País em lista produzida pelo Insead
24/01/2020

O Brasil perdeu oito posições no Ranking Global de Competitividade de Talentos, divulgado pelo Insead. Dos seis pilares avaliados para compor a lista, o País caiu em cinco e ficou estável em um. Entre os motivos para a piora está a incapacidade de criar, reter e atrair novos talentos.