4 vídeos que irão te ajudar na sua transformação digital

Especialistas explicam como se transformar e continuar relevante no mercado de trabalho
28/06/2019

O mundo já passou por três Revoluções Industriais que mudaram dramaticamente a economia e a sociedade da época. Para se ter uma ideia da grandeza desse impacto, o número de empresas baseadas no vapor que sobreviveram à primeira revolução foi zero. Isso diz muito sobre as mudanças urgentes que você como profissional precisa fazer para manter seu emprego ou seu negócio na Quarta Revolução Industrial. Para continuar relevante nesse mundo, a única saída é dominar o idioma do futuro: o idioma digital, ou seja, entender os impactos da transformação digital.

 

Para te ajudar a fazer sua própria revolução e se manter relevante no mercado de trabalho, o IT Trends fez uma seleção de vídeos de especialistas no assunto. No primeiro, Denis Balaguer — diretor do centro de inovação da EY Brasil — explica sua visão do que é ser fluente em digital e comenta sobre as mudanças que as empresas e profissionais precisam fazer para sobreviver à Quarta Revolução Industrial. Mas ele alerta: a maioria das organizações vão morrer antes de conseguir realizar essa transformação. Isso porque elas ainda estão investindo em inovação incremental, do tipo que aumenta a produtividade, ao invés de focar suas energias em inovação disruptiva, capaz de mudar a própria natureza da empresa. Entenda melhor as ameaças que esse novo cenário traz e como fugir do risco de ficar desatualizado.

 

 

 

Já imaginou seu chefe incentivar você a errar mais? O que parecia impossível até pouco tempo atrás, agora está virando uma realidade dentro das organizações. Afinal, errar faz parte do processo de inovar. E sem inovação, as empresas não vão sobreviver. A lógica dos negócios está virando de cabeça para baixo, segundo Ricardo Barbosa, vice-presidente de estratégia digital da IBM América Latina.

 

Do CEO ao estagiário, todos os colaboradores precisam adquirir novas competências e dominar a transformação digital para seguir trazendo valor para os consumidores e, consequentemente, para a companhia. No vídeo abaixo, Barbosa comenta os principais desafios que empresas e profissionais estão enfrentando para continuarem relevantes. Ele avisa que o talento do passado não necessariamente será o talento do futuro. Prepare-se:

 

 

 

Agora, as empresas que estão focadas apenas na produtividade e nos resultados de curto prazo começam a sofrer prejuízo devido a essa estratégia. Além disso, o ano também será marcado por mudanças nos modelos hierárquicos dentro das corporações. As tendências são apontadas pela CEO da W Futurismo, Jaqueline Weigel.

 

A especialista afirma que os profissionais precisam se adaptar a essa nova era. O líder do mundo digital aprende o tempo todo, conhece os novos modelos de trabalho, trabalha junto com a equipe. Aqueles que não se adaptarem dificilmente vão realizar a tão necessária transição. Conheça, no vídeo, o novo jeito de trabalhar que todo profissional do futuro terá de dominar.

 

 

Você está estudando 160 horas por semana para se manter atualizado? Segundo Gil Giardelli, colunista do IT Trends e especialista em inovação e futurismo, este é o tempo que você precisa para acompanhar todas as mudanças que estão ocorrendo hoje. E mesmo que você estude durante essas horas, é humanamente impossível absorver todo esse conhecimento. Encontrar o equilíbrio entre trabalho, família e lazer será cada vez mais fundamental para viver essa nova realidade em meio a transformação digital.

 

Giardelli afirma que não há mais espaço para aquele profissional que trabalha 20 horas por dia. É preciso parar de trabalhar pesado e trabalhar com inteligência. As pessoas precisam reservar um tempo para ler um livro, praticar um esporte, fazer uma meditação. Em um mundo com muitas inovações radicais, o equilíbrio será fundamental para encontrar respostas para desafios cada vez mais complexos para o profissional do futuro.