Empregos em tecnologia terão crescimento até 2023, diz estudo

Relatório da IDC aponta também os que cargos em segurança cibernética apresentarão aumento mais rápido que os demais
27/12/2019

De acordo com informações do TechRepublic, uma pesquisa realizada pela IDC mostra que os cargos de tempo integral em tecnologia da informação e comunicação (TIC) serão responsáveis por 55,3 milhões das funções do mercado de trabalho em 2020. O número representa crescimento de 3,9% em relação a 2019.

 

Para os analistas, a expectativa é de que o ritmo acelerado no mercado de trabalho em tecnologia se mantenha até 2023. Até lá, a previsão é de que haja 62 milhões de empregos no setor, com uma taxa de crescimento anual composta (CAGR) de 3,8%.

 

Conforme apontado no relatório, os empregos na área de tecnologia permanecerão estáveis ao longo do tempo. Para o estudo, a IDC fez avaliações em nove regiões, 19 setores e 37 cargos, incluindo engenheiro / analista de segurança / informações cibernéticas; especialista em gerenciamento de segurança; analista de business intelligence; arquiteto / desenvolvedor de business intelligence; engenheiro de dados; e cientista de dados.

 

Os principais grupos apontados pela IDC são o de aplicativos, com oito funções relacionadas ao desenvolvimento e gerenciamento de software; técnico / TI, incluindo funções gráficas, de multimídia e web design; e o de suporte técnico. Segundo os analistas, esses três grupos combinados serão responsáveis por cerca de 75% de todos os empregos até 2023.

 

 

A previsão mostra, ainda, que as funções de segurança cibernética apresentarão o crescimento mais rápido, com CAGR de 9,6%. Já os cargos técnicos e de TI permanecerão estáveis, com CAGR de 0,1%. Das 40 profissões em tecnologia consideradas na pesquisa, três serão responsáveis por quase um terço de todas as funções de TIC: desenvolvedor / engenheiro de software, especialista em suporte ao usuário e analista de sistemas. No entanto, as funções que mais crescerão serão as de ciência de dados (13,7% CAGR), projeto / desenvolvimento / engenharia de aprendizado de máquina (CAGR de 13,6%) e engenharia de dados (CAGR de 12,9%).

 

Receba somente o que importa sobre transformações digitais

 

Outro ponto analisado pelo estudo foi o impacto da transformação digital nas competências e cargos nas empresas. Hoje, os profissionais na área têm representação de 40%, mas a IDC espera que a participação atinja 52% até 2023.

“O investimento em tecnologia de transformação digital (DX) é a força motriz por trás dos investimentos em TI. O conjunto de habilidades necessário para entregar projetos DX está mudando, com algumas das demandas de crescimento mais rápido por funções de TI centradas em dados e inteligência”, disse Craig Simpson, gerente de pesquisa do Customer Insights & Analysis Group da IDC.