Empreg(h)abilidade

Entenda como aumentar a sua empregabilidade

Hoje, ter habilidade digital e saber trabalhar por projeto são os principais pontos, diz especialista

Entenda como aumentar a sua empregabilidade

compartilhar:

Com cerca de 13 milhões de trabalhadores desempregados no país, a preocupação com a capacidade de conseguir um emprego é constante, mesmo para aqueles que estão com suas carteiras assinadas. Essa competência é chamada pelos especialistas de empregabilidade, ou seja, as condições de cada profissional de fazer sua recolocação no mercado de trabalho. Para manter este índice em alta, desenvolver habilidades digitais e saber trabalhar por projeto são duas qualidades imprescindíveis, segundo a empresa de recrutamento e seleção Robert Half.

 

O especialista Caio Arnaes, gerente sênior da empresa, explica que a digitalização das atividades no trabalho é um caminho sem volta, com cada vez mais atividade ligadas a automatização e robotização, diminuindo atividades repetitivas. Por conta disso, o profissional mais flexível, interessado nas mudanças e ávido por conhecimento sobre essas constantes mudanças, terá maior empregabilidade.

 

Mas como manter suas habilidades digitais sempre atualizadas? Segundo o especialista, o caminho é procurar por cursos, sejam dentro ou fora da empresa, mas isso não basta. É essencial que o profissional se envolva em projetos de inovação dentro da companhia como, por exemplo, a implementação de um novo sistema ou processo em determinada área. “Ao fazer parte do projeto, o profissional mostra postura de empreendedor e dá alguns passos à frente no desenvolvimento”, explica.

O interesse por este tipo de projeto deve partir do profissional, mesmo que isso não seja solicitado pela empresa, ainda de acordo com o especialista. “Por que não correr atrás de projeto de inovação por conta própria? Pode ser algo simples, como buscar uma maneira de automatizar um processo. Existem questões que só quem está vivendo o dia a dia consegue enxergar”, recomenda.

 

Outra forma de adquirir experiência com diferentes projetos e aumentar a empregabilidade, é optar por trabalhos temporários. Segundo revelou o 8º Índice de Confiança Robert Half (ICRH) — que trata do otimismo do mercado de trabalho — atuar por projeto é uma tendência, sendo que 86% dos trabalhadores que tiveram essa experiência a consideraram positiva.

 

Além disso, para 84% dos consultados adquirir uma nova experiência é a principal vantagem nesse formato de trabalho. Para as empresas, por outro lado, o principal benefício em contratar funcionários temporários é a redução de custos, apontada por 27% das companhias consultadas. Segundo a consultoria, as relações de trabalho estão mudando e as empresas estão investindo, cada vez mais, nesse modelo de contratação, já consolidado na Europa e nos Estados Unidos e que está se expandindo no Brasil.

Newsletter

Inscreva-se e receba somente o que importa sobre transformações digitais

Obrigado!

Quer acesso ilimitado a todo conteúdo da IT Trends?

Quero aproveitar meu 1º mês por R$1,97 Cancele quando quiser sem burocracia

Mas desenvolver habilidades digitais e saber trabalhar por projeto não bastam para aumentar a empregabilidade. Alguns soft skills — ou seja, aquelas que lidam com pontos como a relação e interação com outros — estão em alta e são cada vez mais considerados pelos recrutadores nos processos de seleção, ainda segundo a Robert Half. Ser um profissional cordial, bem-humorado, proativo, pontual e humilde são qualidades que fazem a diferença. “Para isso, não é preciso ter ido para a melhor universidade”, ressalta Arnaes.