Mercado

O que o QI Digital diz sobre o futuro da sua empresa?

Quase 30% consideram sua capacidade de transformação digital mediana ou fraca

É consenso no mercado que a necessidade de transformação digital está atingindo todos os setores mais rápido do que imaginávamos. Empresas que não acompanharem este processo podem estar sob o risco do desaparecimento e, para não ficar para trás, é importante entender todo o cenário do mercado nacional. Afinal, qual é a capacidade das companhias brasileiras de adotar e se adaptar às novas tecnologias, acelerando este processo de transformação?

 

Foi com o intuito de medir a confiança das companhias em suas habilidades digitais que a IT Mídia pediu aos participantes da pesquisa anual “As 100+ Inovadoras no Uso de TI” que fizessem uma autoavaliação sobre o chamado QI Digital. O objetivo era entender o real valor da tecnologia nos negócios e como isso é impulsionado dentro das organizações. A boa notícia revelada pela pesquisa é que o cenário brasileiro é mais positivo do que negativo: 72,1% das empresas entrevistadas consideram seu QI Digital forte ou muito forte.

 

E o que isso significa? Que a grande maioria das companhias consultadas se consideram aptas a viver o processo de transformação digital. A má notícia é que, se essa não é a realidade da sua empresa, ela pode ficar para trás e perder capacidade competitiva, impactando negativamente nos resultados. Este é o caso de quase 30% das companhias, que ainda consideram seu QI Digital mediano, fraco ou muito fraco. E esta certamente não é a resposta que as organizações gostariam de dar, ainda mais em se tratando de um tema tão estratégico para o futuro dos negócios.

 

Quer continuar lendo?