Quais são as principais barreiras para a inovação?

100+ Inovadoras: é possível superar entraves e crescer no mundo pós-pandemia

Tiago Alcantara

28/05/2020

Inovar não é uma tarefa fácil e requer esforços que vão além da tecnologia. Entender qual é o momento da sua marca e como encontrar uma nova forma de fazer mais e melhor é um desafio para qualquer empresa e segmento. Essa busca constante precisa ter as lideranças executivas como aliadas para gerar uma nova cultura corporativa. Mas, claro, a inovação também precisa superar algumas barreiras.

 

Um estudo da MIT Sloan Management Review em parceria com a Deloitte aponta que empresas em fase de maturação digital estão focadas em integrar novas tecnologias (mobilidade, analytics, cloud e várias outras) em favor da transformação dos negócios. Já as empresas com nível menos maduro de transformação focam na resolução de pequenos problemas com o uso individual dessas soluções.

 

 

A tecnologia não deve ser tomada como o principal desafio para a implementação dessas mudança, segundo os líderes de TI questionados. A grande dificuldade é a criação de uma cultura digital que escale a mudança. Nesse quesito, a construção de talentos e a transformação da mentalidade depende, efetivamente, das pessoas.

 

As conclusões são do estudo realizado pela IT Mídia para a edição de 2019 do prêmio 100+ Inovadoras no Uso de TI. A maioria dos participantes apontaram quatro principais obstáculos para as iniciativas de transformação digital:

 

  • Recrutamento e retenção de talentos
  • Integração entre novas tecnologias e legado
  • Processos lentos e inflexíveis
  • Tecnologias ultrapassadas

 

Premiando a inovação na crise

De acordo com o gerente de estudos e pesquisas da IT Mídia, Pedro Hagge a tendência deve se manter em 2020. “Historicamente, as principais barreiras de inovação apontadas no estudo são recrutamento e retenção de talentos, integração entre as novas tecnologias e o legado das ferramentas antigas, processos lentos e pouco estruturados. Para 2020, estas ainda devem ser as principais barreiras, com alguns agravantes como redução de custos, redução de equipe, investimentos em infraestrutura básica”, comenta.

 

Hagge ainda complementa: “as empresas mais inovadoras têm muitas características em comum, destaco uma que é a participação do CEO no processo de inovação. É fundamental ter um líder que engaje as áreas e de as condições necessárias para este processo de criação”, afirma o especialista da IT Mídia.

 

+ Óleo e gás: o que acontece com a TI dessas empresas na pandemia

+ Corrida para o digital: os impactos da pandemia na TI do varejo

 

A edição de 2020 do prêmio As 100+ Inovadoras no Uso de TI, realizado pela IT Mídia, em parceria com a PwC, já estão abertas. Anualmente, um comitê analisa o cenário de inovação nas maiores empresas do país e premia as companhias com iniciativas de destaque. Podem se inscrever empresas de todos os setores, basta preencher o questionário e o roteiro estruturado para descrição do case de sucesso.

Saiba mais no site oficial do IT Forum 365.