Empreendedorismo

Tudo o que você precisa saber sobre nomadismo digital

Tecnologia possibilita que muitos profissionais conheçam o mundo enquanto fazem trabalhos remotos. Mas você tem o perfil necessário?

Tudo o que você precisa saber sobre nomadismo digital

compartilhar:

Françoise Terzian

Durante 12 anos, Eberson Terra trabalhou como executivo na gigante de educação Kroton. Seu modelo de sucesso sempre foi baseado nos valores herdados dos pais, cuja geração acreditava que fazer carreira em uma mesma empresa era sinal de orgulho. Em 2014, no entanto, um triste acontecimento o fez mudar radicalmente de visão. “Uma grande amiga e colega de trabalho, que viveu metade da sua vida na empresa, faleceu. Mexeu profundamente comigo constatar que ela não teve a oportunidade de gozar plenamente do equilíbrio entre trabalho e vida pessoal”, recorda.

 

Esse acontecimento deu início a uma série de questionamentos. O desejo de viver novas experiências sem estar preso a um escritório o levaram a iniciar um planejamento que levaria quatro anos e culminaria em sua saída da empresa, em 2018. Desde então, Terra vive sem endereço fixo oferecendo mentoria online para outros profissionais. Ele vendeu o carro, alugou a casa e iniciou uma nova jornada morando 40 dias em Praga, na República Checa. Depois, passou por 14 países até retornar ao Brasil no início de 2019. No segundo trimestre, foi para a Ásia. Agora, de volta, planeja em breve passar uma temporada na Itália.

 

Assim como Terra, Eduardo Borges também promoveu uma reviravolta em sua vida. Ele trabalhava no Citibank, em plena Avenida Paulista, em São Paulo, quando começou a se sentir incomodado com a forma como estava vivendo. “Ser obrigado a fazer algo, como ficar dentro de um escritório, em horários e dias específicos, não fazia sentido na minha cabeça. A vida é minha e eu tenho o direito de vivê-la como eu bem entender”, acredita.

Com essa premissa, Borges pediu demissão do emprego no banco e mudou-se para Vancouver, no Canadá. Desde então, nunca mais parou de viajar. Ele já morou em 16 países e visitou mais de 50. Hoje, tem duas bases: Budapeste e Florianópolis. Assim, como especialista em SEO (Search Engine Optimization) consegue trabalhar online, para ter flexibilidade de viajar.

O avanço da tecnologia permite novos modelos de trabalho como o nomadismo digital, mas para ter sucesso é preciso disciplina e planejamento

Casos como estes são possíveis graças ao avanço da tecnologia, que possibilita a execução de diversos tipos de trabalho à distância, online, dando liberdade para quem não abre mão de morar em diferentes lugares no mundo, o chamado nomadismo digital. Essa necessidade de flexibilidade vem sendo apontada em diversos estudos sobre o futuro do trabalho.

 

Tendência irreversível

 

Exclusivo para Assinantes

Clique aqui