Um novo começo para empresas, líderes e escolas

A pandemia do novo coronavírus tornou inevitável o surgimento de uma nova sociedade. Entenda quais mudanças podemos esperar neste novo cenário, segundo discussão promovida pelo Movimento Brasil Digital

Carolina Pereira

31/07/2020

Um novo modelo de sociedade irá se formar daqui para a frente, por conta das consequências trazidas pela atual pandemia do novo coronavírus. Neste novo cenário, empresas, líderes e escolas terão de se adaptar a novos papeis, segundo os participantes da live “Reboot: por que é preciso levar a sério”, promovida pelo Movimento Brasil Digital ontem (30 de julho). O debate contou com Gil Giardelli, professor, inovador e fundador da 5Era, e João Brito, vice-presidente de distribuição da EDP no Brasil. A mediação foi de Vitor Cavalcanti, diretor executivo do Movimento Brasil Digital.

 

Segundo os dois, vivemos um momento em que um novo pacto social está sendo criado, conduzindo a sociedade para uma nova era, com um novo modelo de trabalho. Com isso, as empresas, principalmente as grandes, ganham mais relevância como atores dessa nova realidade, e tendem a assumir papeis mais abrangentes.

 

“As empresas vão ter que ter um papel fundamental de treinar e desenvolver pessoas junto com as universidades. Hoje, não estamos treinando pessoas para terem opinião e defender valores que acreditam”, acredita João Brito. Gil Giardelli também aponta que o novo momento trará um renascimento da educação, mas não pelas formas tradicionais que conhecemos, em que a função de educar cabia somente às instituições de ensino.

Com essas mudanças, também é preciso que haja uma nova postura das lideranças, com mais humildade e responsabilidade pelo desenvolvimento das pessoas. “A liderança é cada vez mais fundamental, e não no sentido de dar ordens, e sim de inspirar e, sobretudo, ajudar as pessoas a se desenvolverem”, analisa Brito.

 

O executivo não acredita que a rotina dos escritórios será a mesma daqui para a frente. Na EDP, segundo ele, a tendência é que o modelo 100% presencial não seja retomado, mas a empresa estuda formas de manter uma conexão emocional e o espírito de equipe entre os funcionários e, para isso, alguns encontros presenciais por mês serão fundamentais. “Estamos preparando o futuro e repensando os próximos passos. Não vamos estar mais todos juntos, entendemos que é mais confortável trabalhar à distância”, afirma.

 

A transmissão ao vivo promovida pelo Movimento Brasil Digital faz parte da série Brasil Digital Talks, que tem como próximo tema “Transformação Acelerada: oportunidades com mudanças trazidas pela crise”. A live acontece no dia 4 de agosto, próxima terça-feira, às 17 horas, com participação de Renata Zanuto, co-head do Cubo Itaú, e Fabio Costa, general manager da Salesforce no Brasil. A transmissão poderá ser acompanhada neste link.

 

Confira também o vídeo completo da discussão sobre Reboot no canal do Movimento Brasil Digital no YouTube: